quinta-feira, 29 de maio de 2014

A Maldição da Ilusão

Sansão foi um homem que tinha tudo para dar certo, para ser vitorioso. Ele era um juiz, exercia uma função muito importante em Israel. Ele tinha sido escolhido desde o ventre de sua mãe mas era um homem cheio de ilusões.

Ele se apaixonou por uma mulher filisteia e por causa dessa paixão, perdeu o juízo. Seus pais ficaram horrorizados, o aconselharam mas ele estava decidido e iludido. Uma pessoa iludida não ouve conselhos. Sempre que colocamos o prazer acima dos valores adquiridos na vida estamos procurando grandes confusões.

O que levou Sansão a ruína foram sentimentos que todos nós estamos vulneráveis a tê-los: egoísmo, lascívia e orgulho. O egoísmo faz você viver a sua vida somente voltado para si mesmo, sem se incomodar com ninguém. A lascívia faz você querer apenas satisfazer os desejos da sua carne e o orgulho, esse sentimento destrói por completo uma pessoa, que através dele acha que é auto suficiente e que tudo também gira em torno de si mesma.

A ilusão faz a gente perder a noção do hoje, dos perigos que nos cercam e nos cega de tal forma que achamos que podemos enfrentar tudo e todos e sermos vitoriosos.

Não se deixe iludir nem iluda ninguém com palavras bonitas mas viva a realidade e apenas sonhe os sonhos de Deus.

Que deus neste dia te dê discernimento para escolher e tomar grandes decisões.

Nenhum comentário:

Postar um comentário